Para você

FEBRE ● Curiosidades, como acontece e quando pode ser um problema

Todo mundo já experienciou ao menos uma daquelas sensações ruins provindas do aumento da temperatura: sensação de cansaço, aumento do suor, tremores, dentes rangendo e rubor facial (vermelhidão na face). Elas atingem todas as idades e são uma das queixas mais frequentes entre as pessoas que buscam o pronto atendimento médico.

Você sabia que para os médicos, a febre é algo positivo e até, desejável?

A justificativa é simples: eles compreendem que a febre não precisa ser tratada porque é uma reação natural do organismo, sinaliza que algo não está bem e está tentando combater algum processo inflamatório ou infeccioso.

Entenda como a temperatura sobe

Quem fica responsável pelo controle da temperatura do nosso corpo é o cérebro, quando percebe a presença de algum microrganismo capaz de desequilibrar seus processos naturais, o hipotálamo funciona como um termostato.

 

Por que elevar a temperatura corporal?

O objetivo é bloquear a ação do possível agente causador de doenças, como vírus e bactérias. A sensação febril é o resultado de uma cascata de ações:

O sangue se desloca da superfície da pele para o interior do corpo para reduzir a perda de calor (por isso você sente suas extremidades mais frias!);
Os arrepios aumentam o calor por meio da contração muscular;
O cérebro equilibra a produção e manutenção do calor;
Quando a temperatura volta ao normal, o excesso de calor é liberado pelo organismo por meio do suor.

 

Quais as possíveis causas?

Vírus: gripes, resfriados e infecções do trato respiratório superior ou inferior. É o que causa febre em crianças em mais de 90% dos casos;
Bactérias: infecções do trato respiratório superior ou inferior (nariz, garganta, pulmão, etc) e infecções urinárias;
Doenças crônicas: artrite reumatoide ou colite, por exemplo;
Doenças tropicais: malária, dengue e febre amarela;
Medicamentos: algumas pessoas apresentam a febre como efeito colateral de alguma medicação;
Tumores (mais raros).

 

Quando vira preocupação?

Mesmo que a febre seja vista como uma reação positiva pelos especialistas, qualquer sintoma que apareça de repente e persista, precisa ser investigado.

Atenção: sintomas como tosse ou diarreia persistentes, falta de ar, fezes ou urina com sangue, dor intensa de cabeça, no abdômen ou muscular e manchas na pele quando associados à febre, indicam possíveis doenças que necessitam tratamento.

Alguns grupos que usam medicamentos como corticosteroides, que foram submetidos a transplantes, estejam fazendo ou tenham feito quimioterapia ou sejam pacientes com HIV, precisam de atenção redobrada porque já lidam com condições que prejudicam as defesas do corpo, o que as deixam mais expostas a infecções.

 

Posso tomar antitérmicos?

Sim! Os antitérmicos podem controlar os sintomas, mas você precisa monitorar o aparecimento de desconforto físico.

É preciso sempre ter cuidado com a automedicação porque embora este tipo de fármaco seja considerado seguro e eficaz, quando mal utilizado pode levar a problemas hepáticos e renais.

No Achouu você pode pesquisar pelo antitérmico da sua preferência, comparar preços e recebê-lo com a facilidade de um clique!

 

 

Achouu, nosso negócio é ajudar você a cuidar da sua saúde.

Deixe seu comentário

*Analisaremos seu comentário antes de exibí-lo no site.